Política de Manutenção de Laboratórios

A Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI) do Câmpus Hortolândia é a responsável por gerenciar toda infraestrutura de TI do câmpus, assim como os laboratórios de informática.

A gestão dos laboratórios envolve softwares, hardware, infraestrutura de redes nos âmbitos preventivo, corretivo e evolutivo. Toda a gestão é realizada com base no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e demais documentos referentes aos cursos que utilizam os ambientes.

Este documento visa organizar e normatizar a execução da manutenção em laboratórios de informática através de um cronograma de atividades definido no início de cada período.

Objetivo

Prover aos laboratórios de informática as manutenções adequadas para possibilitar seu bom funcionamento no ambiente educacional.

Justificativa

Melhorar o gerenciamento de manutenções a serem realizadas, contemplando a correção e prevenção de problemas, bem como a evolução dos laboratórios para adequá-los as necessidades do ensino.

Laboratórios

O Câmpus Hortolândia possui seis laboratórios de informática localizados nos blocos A e B, ambos no piso térreo. Todas as máquinas operam integradas através de uma rede cliente-servidor mantida pela CTI. A utilização dos laboratórios requer um login e senha pessoal onde o aluno recebe acesso aos compartilhamentos de rede e utilização da internet.

Softwares

A definição dos softwares a serem utilizados semestralmente é realizada no fim do semestre e as atualizações são executadas durante o período de recesso ou férias escolares. Durante essa definição, docentes e coordenadores solicitam remoções, inclusões ou atualizações de softwares através do sistema de chamados GLPI.

Após a definição da lista de softwares que irá compor o próximo semestre as novas requisições podem ser realizadas durante as aulas, todavia serão atendidas em prazo diferenciado.

O acompanhamento dos softwares instalados nos laboratórios pode ser realizado através do sítio institucional do câmpus, onde a CTI disponibiliza no menu laboratórios a lista de aplicativos disponíveis em cada ambiente.

Hardware

O hardware dos computadores é o padrão de fábrica. A CTI aciona a garantia para realização de manutenções. Em caso de garantia expirada a CTI possui as peças de hardware para fazer a reposição.

Manutenção Preventiva

A Manutenção Preventiva compreende as ações executadas pela CTI para antever e impedir problemas que impeçam o bom funcionamento dos laboratórios. A manutenção preventiva pode ser de software ou de hardware.

Software

Realizada semestral, trimestral ou quinzenalmente, compreende diferentes atividades em cada período.

A manutenção preventiva semestral corresponde ao processo de formatação de um computador de cada laboratório, instalação do sistema operacional e softwares atualizados, configurações de melhoria de desempenho e geração de imagem para ser replicada nos outros computadores. Esta manutenção é executada pelos técnicos de laboratório em conjunto com os bolsistas e possibilita o início do semestre com laboratórios em pleno funcionamento.

Já a manutenção trimestral tem por objetivo melhorar o desempenho dos computadores após larga utilização em aulas, prevenindo possíveis problemas de lentidão e afins. Esta manutenção é realizada no meio do semestre pelos bolsistas sob supervisão dos técnicos em laboratório, compreendendo:

  • Desfragmentação de Disco;
  • Verificação de erros de disco.

Por fim é executada a manutenção preventiva quinzenal, onde os bolsistas executam tarefas para prevenir lentidão, propagação de vírus e identificar possíveis falhas. Nesta manutenção são realizadas:

  • Atualização do Antivírus;
  • Varredura com antivírus;
  • Verificação da unidade C para apagar possíveis arquivos maliciosos;
  • Limpeza de registro com CCleaner.

Hardware

A CTI realiza a manutenção preventiva de hardware semestralmente. Essa manutenção abrange computadores fora da garantia e é realizada pelos bolsistas sob supervisão dos técnicos de laboratório. As atividades realizadas são:

  • Limpeza de hardware utilizando pincel, aspirador e jateador de ar;
  • Limpeza de contatos da memória RAM.

Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva é utilizada quando ocorre um problema que não pôde ser prevenido. Ela pode ser identificada por docentes, alunos, bolsistas ou técnicos de laboratórios e deve ser registrada pelos servidores do câmpus através do sistema de chamados GLPI. A execução da manutenção pode ser realizada tanto por bolsistas quanto por técnicos de laboratório.

A CTI realiza mensalmente a análise dos chamados e a identificação de problemas frequentes, gerando estratégias para melhorar a manutenção preventiva e impedir a ocorrência de imprevistos, de modo a garantir sempre o bom funcionamento dos laboratórios.

Manutenção Evolutiva

A manutenção evolutiva tem por objetivo analisar o pátio de máquinas atual e prever as demandas de adequação futuras. A previsão das demandas deve ser realizada com base no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e com o auxílio dos coordenadores de curso. Após prever as demandas é necessário organizar o orçamento de modo a suprir as necessidades de aquisições de licenças, novas máquinas e componentes de hardware para substituição.